Eventos

As cerca de trinta crianças, vindas dos concelhos de Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Esposende, reunidas na 12.ª Assembleia de Crianças da CNASTI, no dia 19 de Novembro de 2016, descobriram que vivemos num mundo em que apenas é valorizado o “eu”, o esforço pessoal, onde são premiados os melhores. Reconheceram que existem dificuldades, muros que os afastam dos outros, do grupo. Cada criança/jovem/adulto vivem em ilhas, agarrados aos seus bens e saberes sem perceber a importância da partilha. Neste mundo egocêntrico e egoísta o Planeta Terra...
+ Ler
A Eapn Portugal, enquanto entidade promotora de um Grupo de trabalho Nacional sobre Pobreza Infantil organiza no âmbito desse mesmo grupo de trabalho um Colóquio subordinado ao tema: “Um olhar sobre o Bem-estar das crianças e jovens segundo a perspetiva dos Direitos da Criança”. O dia escolhido para a realização deste evento não foi arbitrário – o dia 10 de dezembro é o dia em que se comemora o Dia Internacional dos Direitos Humanos e iremos nesse dia refletir, através dos contributos dos diferentes conferencistas, sobre os Direitos da Criança. A...
+ Ler

Reuniu no passado sábado, dia 28 de Março de 2015, no Porto, a 41.ª Assembleia Geral da CNASTI.

O órgão máximo desta confederação discutiu e aprovou o Relatório de Atividades e Contas do ano 2014.

De realçar no Relatório de Atividades a capacidade que a Comissão Executiva teve para dar um novo impulso ao trabalho da CNASTI, realçado no numero de iniciativas que promoveu ou participou.

Para quem quiser saber um pouco mais sobre esse Relatório de Atividades, consulte o anexo 1.

+ Ler

Reuniu no passado sábado, dia 6 de Dezembro de 2014, no Porto, a 40.ª Assembleia Geral da CNASTI.

O órgão máximo desta confederação discutiu e aprovou o Plano de Acão e Orçamento para 2015.

Teve ainda a oportunidade de apresentar uma nova associada, promovendo a oficialização da sua adesão. Trata-se de uma associação juvenil, com sede em Vila Nova de Famalicão, a YUPI - Youth Union People With Initiative, que tem como objetivo principal: Motivar e preparar jovens dos 14 aos 30 anos para o exercício de uma cidadania ativa e responsável.

+ Ler
CONSTRUIR UM COMPROMISSOA responsabilidade pela formulação de estratégias nacionais de proteção social e pela extensão da prestação dos sistemas nacionais de segurança social para cobrir a maior parte possível da população recai primeiramente sobre o governo, embora as organizações de trabalhadores e de empregadores desempenhem igualmente um papel chave. Os parceiros sociais podem ajudar o governo a integrar as questões relacionadas com o trabalho infantil na conceção, implementação e monitorização das políticas nacionais, e a ...
+ Ler