A Cerimónia de Abertura do "Ano da CPLP contra o Trabalho Infantil" decorreu no dia 17 de fevereiro, na Assembleia da República Portuguesa. A iniciativa de subordinar o ano de 2016 a este combate foi uma decisão da última reunião dos ministros da tutela dos Estados-membros, decorrida em 2015, em Timor-Leste. A sessão solene da Cerimónia de Abertura de "2016: Ano da CPLP contra o Trabalho Infantil" contou com intervenções da deputada Teresa Caeiro, Vice-Presidente da Assembleia da República Portuguesa, em representação do Presidente, da representante do ...
+ Ler
COMUNICADO CNASTI DIA MUNDIAL DA CRIANÇA | 1 de Junho de 2015 São inúmeras as campanhas, principalmente internacionais, que mostram crianças e adolescentes em regiões carentes, submetidas à exploração do trabalho infantil. Porém, a participação infantil na indústria de entretenimento e publicidade não é abordada nem vista como trabalho infantil, apesar de cada vez mais se encontrarem talentos mais precoces em programas de televisão, em desfiles de moda e publicidade. Portugal não é imune a esta realidade. Em Portugal...
+ Ler

A pedido da CNASTI, a presidente e o vice-presidente da sua Comissão Executiva reuniram com o presidente da Camara de Viana do Castelo.

Esta reunião tinha como objetivos apresentar a CNASTI e o seu Plano de Acão e ver da possibilidade de se poderem realizar parcerias de cooperação nesta região.

Foi uma reunião de trabalho muito interessante, que com o tempo se verificará dos seus resultados práticos e concretos.

+ Ler
A CNASTI Congratula-se com a Atribuição do Prémio Nobel da Paz a Kailash SatyarthiÉ com grande alegria que a CNASTI recebe a notícia que Kailash Satyarthi é o vencedor do Prémio Nobel da Paz, pois isso significa o reconhecimento de um longo combate na defesa das crianças vítimas de exploração.Combate que está longe de estar terminado, desejamos profundamente que a atribuição deste Prémio venha a dar mais visibilidade ao trabalho realizado por alguém que decidiu pôr a sua vida ao serviço das crianças pobres e desfavorecidas, e assim, permitir que a sua ação s...
+ Ler
Os dados de 2013 relativos ao abandono escolar precoce colocam Portugal (19,2%) na cauda Europa (11,9%) e a uma distância significativa da meta estabelecida para 2020, que é inferior a 10%, alerta o Conselho Nacional de Educação.http://www.noticiasaominuto.com/pais/278459/portugal-longe-da-meta-europeia-no-abandono-escolar-precoce Rede pública perdeu mais de metade das escolas numa décadaO Estado eliminou, desde 200...
+ Ler
CNASTI reuniu com a deputada do PCP por Braga - Carla Cruz - para abordar questões ligadas com o trabalho infantil, nas suas diversas vertentes e outras questões que tem a ver com a pobreza, educação, apoios sociais, legislação, ...
+ Ler
Organização Internacional do Trabalho diz que, com 168 milhões de crianças e adolescentes que trabalham no mundo, meta de erradicar problema não será alcançada em 2016. Brasil reduziu 54% do trabalho entre 1996 e 2012.A Organização Internacional do Trabalho (OIT) iniciou a 3ª Conferência Global sobre o Trabalho Infantil com uma "péssima notícia": existem 168 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos em situação de trabalho infantil no mundo.O número representa uma queda de um terço em relação a 2010 – porém, segundo disse o chefe da OIT, Guy ...
+ Ler
Em todo o mundo, havia 168 milhões de crianças trabalhadoras, indicam os últimos dados da Organização Internacional do Trabalho.As situações de trabalho infantil em Portugal e os casos de mendicidade, de criminalidade e até de prostituição de crianças podem estar a agravar-se com a crise económica, alerta a presidente da Confederação Nacional de Acção Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI), Fátima Pinto.No Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, a CNASTI organiza nesta quinta-feira, em Braga, o encontro sobre “O 25 de Abril e as crianças”, durante o qual vai ...
+ Ler
A presidente da Confederação Nacional de Ação Sobre o Trabalho Infantil (CNASTI), Fátima Pinto, apelou hoje aos portugueses que denunciem situações de trabalho infantil, como casos de mendicidade ou prostituição de menores, que têm vindo a agravar-se.O apelo de Fátima Pinto surge na véspera de se assinalar o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil, que este ano chama a atenção para o papel da proteção social para manter as crianças afastadas desta situação ou para dela as retirar. A Organização Internacional do Trabalho (OIT), que instituiu e...
+ Ler